One thought on “A fada que tinha ideias”

  1. Monteiro Lobato, Maurício de Souza, José Mauro de Vasconcelos, Ana Maria Machado, Maria Claro Machado – perdoem-me. Meu livro de infância preferido é mesmo A Fada que Tinha Ideias. Um clássico no cenário da literatura infantil brasileira, lançado em 1971 com texto de Fernanda Lopes de Almeida (1944) e ilustrações de Elvira Vigna, o livro foi relançado em 75 com desenhos em aquarela de Edu, que recheiam as páginas até hoje, 28 edições após.Trata-se da história da fadinha rebelde [...]

  2. Meu livro infantil favorito! Aquelas imagens em aquarela fazem parte das minhas memórias de infância mais ternas. A receita dos bolinhos de luz! Quantas vezes eu os preparei com minhas panelinhas rosas de plástico! Anos mais tarde me deparei com ele numa livraria, um daqueles momentos da vida que a gente sente na caixa do peito a passagem do tempo. Um dia, quando tiver uma filha, vai ser meu primeiro presente pra ela. Para que a infância dela seja tão "caleidoscópica" quanto a minha foi.

  3. Classic!The watercolour ilustrations are nice and I also remember the recipe of "Bolinhos de Luz". I always wanted to eat one.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *