Acedia

Acedia Um livro que consegue estabelecer um equil brio entre experimenta o e tradi o na banda desenhada estabelecendo um paradoxo entre a sua energia criativa com o ambiente m rbido da narrativa Especulamos

  • Title: Acedia
  • Author: André Coelho
  • ISBN: null
  • Page: 118
  • Format: Paperback
  • Um livro que consegue estabelecer um equil brio entre experimenta o e tradi o na banda desenhada estabelecendo um paradoxo entre a sua energia criativa com o ambiente m rbido da narrativa Especulamos que a personagem do livro seja um alter ego do autor e que alguns epis dios sejam autobiogr ficos mas na ess ncia estamos no dom nio da fic o ou da auto fic o Um homemUm livro que consegue estabelecer um equil brio entre experimenta o e tradi o na banda desenhada estabelecendo um paradoxo entre a sua energia criativa com o ambiente m rbido da narrativa Especulamos que a personagem do livro seja um alter ego do autor e que alguns epis dios sejam autobiogr ficos mas na ess ncia estamos no dom nio da fic o ou da auto fic o Um homem, Daniel, sofre de distor es na sua percep o visual devido a um corpo estranho alojado algures na cavidade ocular Apesar da insist ncia das notifica es hospitalares para dar in cio aos seus tratamentos, ele v se confrontado com a hip tese das suas alucina es estarem a proporcionar lhe uma fuga para uma nova percep o da realidade Daniel ter que optar entre encarar a sua doen a como um sinal evidente da sua mortalidade ou como uma intensifica o da vida.

    One thought on “Acedia”

    1. Obra vencedora da edição de 2015 do concurso "toma lá 500 paus e faz uma bd", da editora Polvo.Um livro a preto e branco, num estilo meio fanzine/punk/alternativo que me agradou.

    2. Nos anos 90, David Lynch realizou uma sitcom. Leram bem. Pegou nas tropes nostálgicas do género e remisturou-as com o seu surrealismo bizarro, em seis brilhantes episódios que contaram as aventuras de um programa de entretenimento televisivo nos anos 50. Googlem a série, hilariante, subversiva e surreal. Recordo-a porque uma das suas personagens, um operador de efeitos especiais que sofre de um síndrome que o faz ver 25.5% mais do que a visão normal, está construída a partir de uma premi [...]

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *